2021

Edições
Passadas

 

Desde 2002, o Festival Tudo é Jazz tem se posicionado como um dos maiores festivais do gênero do país. São 18 anos de atividade, 1.500 músicos que marcaram presença ao longo das edições e o selo de qualidade da prestigiada Down Beat que o elegeu entre os 10 melhores festivais de jazz do mundo

50 anos sem Billie.jpg

QUEM SOMOS

Festival
Tudo é Jazz

O Festival Tudo é Jazz é realizado desde 2002 a partir da parceria entre a ALCE - Associação Livre de Cultura e Esporte e a NewView - Entretenimento e Comunicação. A ALCE é uma instituição sem fins lucrativos, especializada na elaboração e gestão administrativa de projetos esportivos, culturais e sociais. Formada por uma equipe experiente, atualizada e qualificada para trabalhar de maneira ágil e eficiente, com personalidade e atitude de vanguarda.

A New View Entretenimento e Comunicação é uma empresa especializada em produção, gestão administrativa de projetos culturais, marketing cultural e comunicação institucional. Trabalha com projetos personalizados para empresas que desejam utilizar parte de seus impostos para o marketing cultural.

Diretor: Rud Carvalho (rud@newview.art.br)
Curador: Tulio Mourão

C.A: 2018.13608.0009

LogoAlceBranco.png

REALIZAÇÃO:

PRODUÇÃO:

Contato

Obrigado pelo envio!

 
 
 

Tudo é Jazz 2021
Programação

16 JUN

QUARTA-FEIRA

20h

YOUTUBE

SILVIA GOMES

Com  delicada  beleza  e  a  ancestralidade  presentes  na  sua  voz,  Silvia  Gomes evidencia  temas  como  lutas  e  resistências  da  essência  humana  nas  raízes brasileiras. No  repertório,  pérolas  de Sérgio  Pererê, Mestre  Jonas,Ivan  Lins  /Celso Viáfora, Dorival Caymmi,Dona Ivone Lara, Ewerton Formiga /Sidney Melodia, Aldir  Blanc,Miguel  dos  Anjos, Dé  Lucas,  João  Nogueira  e  Paulo  César Pinheiro.

Os  músicos  que  acompanham  Silvia  Gomes  neste  show  são  Fernando  Costa (Violão), Wesley  Procópio  (Trombone),Tiago  Valentim  (Percussão)e  Gegê Mendes (Percussão).

TULIO MOURÃO
CONVIDA MARCO LOBO

Polish_20210504_075610232.jpg

Pianista, compositor e arranjador, Túlio Mourão é protagonista de uma rica história dentro da Música Brasileira. Integrou a banda Mutantes na fase do rock progressivo e em seguida esteve na banda de artistas como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Chico Buarque, Ney Matogrosso, Fagner, entre outros. Tem em sua discografia 15 CDs lançados, entre trilhas orquestrais, canções e jazz/instrumental, além dos principais prêmios por trilhas sonoras para o cinema

Marco Lobo é um percussionista baiano, multiinstrumentista e autodidata. Iniciousu a carreira em Salvador e vive no Rio de Janeiro há mais de 30anos.Durante muitos anos integrou asbandas de artistas consagrados da música nacional e internacional. Com essa importante bagagem, em 2010 partiu para a carreira solo no Brasil e no exterior. Possui três CDs e um DVD lançados, ministra oficinas e workshops, cria e executa projetos musicais que fortalecem a música instrumental brasileira ao redor do mundo..

17 JUN

QUINTA-FEIRA

20h

YOUTUBE

NATH RODRIGUES

Nath Rodrigues é multi-instrumentista, cantora, compositora, educadora musical e experimentadora das artes cênicas. A artista, que já integrou orquestras, grupos instrumentais e já acompanhou diversos artistas da cena musical mineira ao longo de seus 15 anos de dedicação à música, lançou seu primeiro disco solo, Fractal, em 2019 e se prepara para o lançamento de seu segundo álbum, Fio, com produção, acompanhamento e belos timbres de Pedro Cambraia, o Cido. Fio é a linha que conecta canção, música instrumental, referências da world music e retorna às suas raízes profundas em solo brasileiro.

CHICO AMARAL QUARTETO

Composto por quatro experientes músicos – Chico Amaral – saxofone, Linconl Cheib – bateria, Enéias Xavier – baixo e Magno Alexandre – guitarra apresenta um repertório que privilegia especialmente a música de Minas e o melhor da música instrumental brasileira. Os standards jazzísticos também são contemplados bem como composições autorais. Cada apresentação se torna única, já que o quarteto sempre pratica a improvisação, na melhor tradição dos músicos de jazz.

GILSON PERANZZETA
e MARCEL POWELL

Gilson e Marcel 2 (2) (1).jpg

Um encontro de gerações, um encontro de talentos que une o encantamento e a exuberância do piano do Maestro Peranzzetta, ao arrebatamento e impetuosidade do violão de Marcel Powell. Gilson Peranzzetta e Marcel Powell em suas apresentações fazem solos, tocam juntos trocando funções e sensações, buscando novas dinâmicas, novas sonoridades. Ora a mão esquerda do piano busca os baixos e desenha a harmonia para que o violão evolua, ora o violão serve de apoio para os solos e desenhos do piano, proporcionando um espetáculo mágico. No repertório composições de Baden Powell, Tom Jobim, Carlor Lyra, Garoto, entre outros.

Quem somos 2.jpg